Forte demanda chinesa impulsiona preço da soja em Mato Grosso

A forte demanda chinesa pela soja brasileira, após a suspensão da importação de produtos agrícolas norte-americanos pela China, segue impulsionando as cotações da oleaginosa em Mato Grosso.

“No que diz respeito aos indicadores que compõem o preço da soja, o prêmio (contrato corrente) vem apresentando uma alta considerável. Assim, na última sexta-feira (23), o prêmio corrente no porto de Santos (SP) fechou cotado a US$ 1,53/bushel, alta de 13,33% ante a sexta-feira da semana anterior e de 47,71% se comparado com o início do mês, sendo estes patamares normalmente observados na entressafra”, analisa o IMEA – Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária –

“Enquanto o cenário atual continuar, e as incertezas internacionais perdurarem, a tendência é que os olhos dos players sigam voltados para a soja brasileira. De modo geral, a bonificação portuária, aliada ao aumento da taxa de câmbio,segue impulsionando e sustentando as negociações no mercado interno”, acrescenta o instituto.

Na semana passada, o preço da soja disponível em Mato Grosso fechou a última semana cotado numa média de R$70,47/saca, avanço de 2,24%.

By | 2019-09-04T08:44:54-03:00 setembro 4th, 2019|Agronegócio, Brasil, Economia, Mato Grosso|0 Comentários
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!