Lideranças projetam aumento no plantio de feijão e amendoim em MT com crescimento das exportações

A crescente demanda do mercado nacional e mundial, aliado ao grande potencial a ser explorado no Mato Grosso no cultivo de feijão, pulse e o amendoim, especialistas da cadeia produtiva e representantes de câmaras setoriais se reuniram, em Cuiabá, para discutir sobre o futuro dos pulses e do amendoim.

O presidente do Instituto Brasileiro do Feijão e dos Pulses (Ibrafe), Marcelo  Eduardo Luders, apresenta esta tendência de crescimento mundial da demanda atribuída ao aumento do poder aquisitivo das classes menos favorecidas nos países como Índia e China, destacando o que Mato Grosso necessita para estar preparado. “Primeiro precisamos avançar nas pesquisas e com maiores investimentos no setor, paralelamente criar uma câmara setorial ligada ao governo, no caso a secretaria Estadual de Agricultura e com representantes do setor privado, abrindo assim uma interlocução mais rápida e efetiva com o próprio governo conseguindo desfazer alguns gargalos que naturalmente existem”, disse.

O diretor executivo da Associação de Produtores de Feijão, Trigo e Irrigantes de Mato Grosso (Aprofir), Afrânio César Migliari projeta as ações necessárias para elevar o amendoim em Mato Grosso a se tornar competitivo no mercado. “A pesquisa é o principal trabalho a realizado, além disso, temos que mostrar ao Governo Estadual as oportunidades e vantagens de produzir este tipo de lavoura, conquistar mercado e ter resultados financeiros satisfatórios em Mato Grosso”, explicou.

 

 

 

Fonte:SóNotícias

By | 2019-04-08T08:08:43-03:00 abril 8th, 2019|Agronegócio, Economia|0 Comentários
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!