Pouca oferta interna faz preço do milho subir até R$ 4 por saca

O mercado brasileiro de milho não perdeu fôlego e manteve preços em alta nas principais regiões nesta última semana. Com o mercado doméstico mantendo uma oferta restrita por parte dos produtores, há um descolamento da influência mais direta da Bolsa de Chicago e do câmbio.

A recente queda do dólar e o comportamento de perdas em momentos na Bolsa de Chicago determinaram pressão sobre as cotações do milho nos portos, para exportação. Mas, internamente, os produtores seguem segurando o cereal e garantindo sustentação aos preços.

No Porto de Santos, na base de compra, o preço caiu na semana (entre 17 e 24 de outubro) de R$ 42 para R$ 40 a saca de 60 quilos.Já em Campinas/CIF, a cotação do milho, na base de venda, passou de R$ 45 para R$ 46,50. Já na Mogiana paulista, mercado subiu de R$ 42,50 a saca para R$ 44 na venda.

Por: Agência Safras

By | 2019-10-28T08:14:28-03:00 outubro 28th, 2019|Agronegócio, Brasil|0 Comentários
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!