A safra 2019/20 de soja no Brasil deverá totalizar 131 milhões de toneladas, estimou o vice-presidente da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), Hélio Sirimarco. Segundo Sirimarco, o principal fator que impulsiona esse resultado é o aumento da área plantada, que ocorreu em função da alta na demanda, tanto interna quanto externa, e o consequente aumento dos preços.

De acordo com os dados divulgados pela Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), em relação ao milho, a estimativa de produção é de 103.000 milhões de toneladas, também um novo recorde. “O plantio da safra de verão está avançado no Paraná, com cerca de 92% de área plantada até o último dia 23”, observou Sirimarco.

A estimativa da SNA em relação à soja permanece na média das projeções de outras instituições. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estima 133.7 milhões de toneladas; a Céleres, 131.4 milhões de toneladas; a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), 131.7 milhões de toneladas e a Reuters, 132.25 milhões de toneladas.

 

 

Fonte:Agrolink / Foto: Jaelson Lucas / AEN